26 semanas e risco de trombose

26 semaninhas completas.

Mas com o avançar da gravidez, também têm começado os problemas. Primeiro a notícia dos diabetes gestacional e agora o risco de trombose ou trombofilia.

Há 6 anos atrás a minha mãe sofreu um AVC, de modo que devido a este histórico familiar a minha obstetra mandou-me efetuar o teste. Dada a associação entre trombofilias hereditárias e tromboembolismo venoso, este grupo de alterações pode trazer complicações na gravidez. Uma associação entre as trombofilias hereditárias e a trombose útero-placentária pode levar a morte fetal, pré-eclâmpsia, restrição de crescimento fetal e descolamento prematura de placenta. Trombofilia inclui situações associadas com um sindrome de hipercoagulabilidade e consequente risco aumentado de fenómenos trombo-embólicos. O teste consiste em medir a concentração das proteínas em causa (doseamento plasmático da proteína C, proteína S, complexo trombina e antitrombina III (TAT), homocisteína), e a presença de mutações no factor V Leiden, o que requer um teste genético.

No que diz respire à análise de TAT, consiste num teste efectuado a cada 4 semanas, para ver a evolução dos valores de complexo trombina – antitrombina III, complexo que está directamente relacionado com o síndrome de hipercoagulabilidade.

Aqui fica aqui o gráfico, TAT (ug/L) versus SSW (semanas de gestação):

Ou seja, no primeiro teste que fiz às 22 semanas o valor de TAT era 3.2 ug/L, mas o segundo teste, às 26 semanas, deu um valor aumentado, 5.1 ug/L. estando entre a curva normal e o risco. Dados estes resultados o médico mandou-me logo iniciar a tomar de Aspirina Cardio 100 mg/dia.  No próximo dia 2/11 farei novo teste, e aí veremos como estão os valores do complexo TAT.

Na próxima quinta-feira, dia 15, tenho nova consulta para avaliarmos os resultados dos níveis de glicemia e decidir o que fazer relativamente ao recurso a medicação ou não.

25 semanas e diabetes gestacional – dieta adequada

A última semana foi um tanto atribulada, depois do diagnóstico de diabetes gestacional. Mas decidi desde logo alterar alguns hábitos e fazer uma dieta adequada à minha situação.
Desde o início da gravidez já tinha engordado 4 kg. No entanto, passada uma semana já perdi pouco mais de 0.5kg.

Confesso que não passo fome. Como de 2 em 2 horas, acabei com doces de vez, e retirei os hidratos de carbono da alimentação.

O meu menu de um dia é:
Pequeno-almoço: meia tigela de leite magro com cereais allbran

Caminhada de 10-15 minutos com os meus patudinhos (nem sempre, pois normalmente é o meu marido ou a minha mãe que levam os pequenos a passear de manhã).

Lanche manhã: tosta com queijo filadélfia e um latte machiatto

Almoço: Uma tigela de sopa seguida de uma grande salada mista (tomate, alface, pepino) com peito de peru grelhado (ou frango ou ovo cozido). Sobremesa: 1 ou 2 ameixas ou um bocadinho de uvas.

Lanche da tarde 1: um punhado de nozes e um queijinho babybell

Lanche da tarde 2: iogurte natural com flocos de aveia e mirtilos

Lanche da tarde 3 ( as vezes): uma maçã ou pêra com uma bolacha

Caminhada de 30 a 40 minutos com os meus patudinhos (única altura do dia em que tenho mais tempo. No trabalho estou no 5 andar e não uso o elevador, optando por subir e descer escadas).

Jantar: Uma tigela de sopa seguida de um prato de legumes cozidos (p.ex. Brócolos, couves ou grelos) com pescada cozida (ou peito de frango grelhado ou ovo cozido). Sobremesa: 1 ou 2 ameixas e um punhadinho de uvas.

Ceia: chá de camomila

Aqui fica a brriguinha das 25 semanas completas ontem.

20 semanas

Completamos hoje as 20 semaninhas, e estamos a meio desta maravilhosa jornada!! Estou tão mas tão feliz!! 🙏🙏🙏🙏🙏

A nossa Victoria mexe cada vez mais e até o papá babado já sente muito bem os seus movimentos! 😍😍😍

Deixo a foto de hoje e um time lapse da evolução da barriguinha!

 

16-17 semanas

Estamos de férias, mas depois da viagem e no dia que completávamos as 16 semaninhas decidimos fazer uma consulta e ecografia para ter a certeza de que estava tudo bem.

E está tudo maravilhosamente bem!! À terceira é de vez, e como tal foi-nos confirmado que é de facto uma Princesa!

Como os ares de Portugal fazem sempre bem, e então estar de férias nem se fala, a barriguinha deu um saltinho. A Princesa tem crescido bem e quando supostamente estamos de 16 semanas, a Pequena tem já um tamanho correspondente a 17 semanas.

Assim corrigimos a Data Provável de Parto para 8 de Janeiro de 2016. Ao voltar a Zurique, vamos ver se a nossa Obstetra concorda.

Estamos felizes e irradiamos Felicidade pelos poros. O maridão explode de felicidade pela confirmação da Princesa!

O nome já estava escolhido, pois nenhum outro faria mais sentido! Vem aí uma Princesinha

Victoria Clara!